Homem tem corpo desmembrado em acidente na BR-104

No Brasil uma pessoa é vítima de atropelamento a cada sete minutos. As principais causas são o desrespeito aos limites de velocidade pelos motoristas e a falta de atenção e inconsequência dos pedestres.

É impressionante o nível de mortes e feridos nas estradas. O Brasil está entre os países mais mata no mundo em relação ao acidente de trânsito. Os pedestres se arriscam de todas as formas possíveis nas cidades e nas estradas.

O número de atropelamentos de quem tem mais de 65 anos teve um aumento no Brasil na última década.

O idoso, às vezes, vai atravessar a rua pensando que vai conseguir, no entanto com o avanço da idade, a agilidade na hora de caminhar fica prejudicada. A cabeça está boa, mas as pernas não obedecem.

Na manhã desta quarta-feira (12-04) um grave acidente com vítima fatal foi registrado na altura do quilômetro 51,6 da BR 104, entre a Fazenda Bonanza e a Vila Rafael, na zona rural de Caruaru. O veículo colidiu em cheio contra o pedestre.

O fato aconteceu por volta das 10h, em um trecho da descida nas imediações da Vila do Rafael. Um homem conhecido por João Brasa, que tinha aproximadamente 60 anos, morreu ao ser atropelado por um veículo Land Rover.

A vítima foi atropelada no momento em que atravessava a pista e teve seu corpo mutilado. O impacto foi tão forte, que a vítima foi cortada ao meio e dividida em vários pedaços, que ficaram espalhados pela pista. O condutor do carro fugiu do local, mas se apresentou espontaneamente no posto da PRF da Juriti.

O condutor do veículo não teve seu nome revelado. Viaturas da Polícia Rodoviária federal (PRF) e perícia estiveram no local realizando o controle do tráfego e as primeiras investigações.

A SEGUIR IMAGEM CHOCANTES DO ACIDENTE

 

Comentários via Facebook

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *