Mina terrestre detona e fere 3 na Tailandia

Corpos mutilados, historias interrompidas por guerra, por disputa. São incontáveis os números de vítimas das minas terrestres.

Atingidas pela detonação de uma mina terrestre três jovens crianças ficaram gravemente feridas  na Tailândia no leste de Kachin Mansi 19 de abril de às 5 da tarde.

A cada 20 minutos, em algum lugar do mundo, explode uma mina terrestre e fere pelos menos uma pessoa. Geralmente, as vítimas da explosão sofrem com as consequências: deficiências físicas, a perda de um membro ou a mutilação do corpo.

Minas terrestres e restos de outros materiais explosivos deixados pelas guerras em vários pontos do mundo constituem uma séria ameaça para as crianças, mesmo muito tempo depois do fim do conflito, continuam a morrer. É no continente asiático que se encontram alguns dos países mais minados do mundo

E foi na Ásia que esse incidente trágico atingiu três membros de uma mesma família, Brennan, Já Saipan e Jean Pan.

Não tivemos informações sobre como ocorreu o fato, porém as imagens nos mostram a gravidade do acidente.

Os afetados ficaram bastante feridos, Brennan (9) anos ficou com o corpo complemente ferido, e suas pernas ficaram destroçadas, Ja Saipan (22) anos feriu o peito e a coxa, e o jovem Jean Pan (15) ano foi o braço esquerdo, cintura.

Basta um esbarrão, uma pisadela para detonar a armadilha e destruir a vida, mutilar os corpos de quem vive próximos de campos minados. Mesmo décadas depois de terem terminado as guerras em que foram usadas as minas aterrorizam as populações rurais até hoje.

As minas terrestres estão espalhadas: nos campos de cultivo, nas ruas, atalhos ou tanques de água. A cada 20 minutos, uma pessoa é ferida ou aleijada devido à explosão.

Foram encaminhados para o distrito de Bhamo transferidos para hospitais públicos.

Comentários via Facebook

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do blog